A importância de se investir num bom colchão

A importância de se investir num bom colchão
A importância de se investir num bom colchão
Classificação do Usuário: 0 (0 votos)

O colchão é um produto essencial para garantir uma boa noite de sono e, consequentemente, maior qualidade de vida. De acordo com especialistas, os colchões podem ser pontuados como um dos causadores dos problemas de sono, já que podem causar incômodos no momento que é destinado para o relaxamento.

A hora de dormir é indispensável para uma boa saúde e, mais do que isso, é o momento em que a pessoa deve deixar os problemas de lado e descansar seu corpo do stress do dia a dia. Ao dormir, costumamos passar de seis a oito horas deitados no colchão, por isso é necessário alguns cuidados na hora da compra, sempre avaliando o custo benefício a ser oferecido, seja ele qual for. Além de sua importância para a saúde, investir em colchões de qualidade também traz benefícios financeiros, já que sua vida útil pode chegar a até dez anos, quando bem conservado – o que pode não ocorrer com um produto de má qualidade que tem a duração de até três anos e que lhe causará problemas, além de fazer com que o gasto com esse item da casa seja maior do que o esperado. Existem diversos tipos de colchão, com diferentes características para atender às mais diversas necessidades. Saiba mais sobre eles para comprar o modelo mais adequado para você.

Colchão de espuma: é o tipo mais comum e também o mais vendido. Pode ser encontrado em alturas e densidades variadas. Por ser mais barato, pode ser trocado com freqüência, já que a espuma tende a deformar rapidamente.

Colchão de molas: pode ser encontrado facilmente em duas versões. O colchão de molas entrelaçadas cobertas por uma camada de espuma é durável e bem pesado. Não é indicado para casais porque quando uma pessoa se mexe em um lado do colchão, o outro lado balança muito. Já o colchão molas ensacadas, o chamado “sistema pocket” é ideal para casais, pois as molas são envolvidas uma a uma, o que garante conforto e durabilidade. Tem uma camada especial de espuma chamada pillow top, que proporciona conforto extra. A desvantagem dessa camada especial é que ela só está presente em um dos lados, o que impossibilita que o colchão seja virado periodicamente.

Colchão de látex: tem tratamento contra fungos, ácaros e bactérias, por isso é indicado para pessoas que tem alergia. O colchão de látex é macio e muito confortável, pois o material se adapta facilmente ao contorno do corpo. A boa durabilidade do colchão de látex também é uma grande vantagem.

Colchão de viscoelástico: é o mais tecnológico dos colchões, mas também o mais caro. Foi desenvolvido com tecnologia usada por astronautas. A espuma do colchão de viscoelástico se molda ao corpo sem deformar, suporta qualquer peso e altura e oferece boa sustentação à coluna. O colchão deve ser trocado, em média, a cada oito anos.