Cuidados com seu animal de estimação no outono

Cuidados com seu animal de estimação no outono
Cuidados com seu animal de estimação no outono
Classificação do Usuário: 0 (0 votos)

Depois do sol a pique e das altas temperaturas do verão, o tempo agora vai dar uma boa refrescada com a chegada do outono, o qual promete um clima mais ameno.

Uma das principais preocupações é com a gripe, causada pela mudança da temperatura. Ela pode ser prevenida com a vacinação do seu pet.

Outra boa dica é usar roupas próprias para animais, sobretudo, se o pet tem pelo curto. Para os animais que costumam dormir fora de casa, uma solução é forrar o ambiente com jornal ou cobertor.

Também é bom evitar que o animal, mesmo agasalhado, durma em locais com correntes de vento e exposto ao sereno.

No caso do banho caseiro, evite os horários bem matinais ou noturno.

Os animais mais velhos também precisam de atenção especial, uma vez que apresentam imunidade mais baixa. Por isso, é bom não deixar de vaciná-los e de adotar suplementos vitamínicos para complementar sua alimentação. Seguem abaixo algumas dicas especias:

Escove o seu animal regularmente 

Para enfrentar os meses de frio os animais necessitam de cuidados redobrados com o pêlo. No caso dos gatos, eles lavam-se sozinhos e retiram os pêlo soltos, no entanto devemos sempre proceder à escovagem, mesmo que eles comam a pasta que previne a formação de bolas de pêlo. A escovagem permite estimular a circulação do sangue e manter o pelo saudável.

Reforce a alimentação e hidratação

No inverno os animais tendem a queimar mais energia de forma a manter temperatura quente no seu corpo. Para compensar a perda energética, incentive a ingestão de água e aumente a quantidade de alimentação.

Limpeza dos olhos

Os animais não conseguem fazer sozinhos a higiene ocular. É importante, portanto, que os responsáveis saibam diferenciar a secreção fisiológica, que, em contato com o meio ambiente, torna-se escurecida (marrom avermelhada) de outras possíveis secreções patológicas, com conteúdo purulento ou sanguinolento. Essas últimas precisam de uma consulta com o veterinário antes da adoção de qualquer medida caseira. A limpeza caseira da secreção fisiológica pode ser realizada com solução fisiológica (NaCl 0,9%), respeitando-se a durabilidade de no máximo uma semana, manipulada de forma a evitar contaminação e, também, armazenada em geladeira. Com o uso de algodão limpo umedecido, de duas a três vezes por semana ou em menor freqüência de acordo com a necessidade. A solução pode ser aplicada externamente aos olhos em temperatura gelada, o que auxilia na diminuição da congestão e irritação.