Densidade de colchão ideal

Densidade de colchão ideal
Densidade de colchão ideal
Classificação do Usuário: 0 (0 votos)

A densidade de um colchão é uma informação técnica para a parte de espuma de um colchão, seja ele feito com molas ou completamente composto pela espuma. Uma maior densidade não significa, necessariamente, que você tem um colchão mais duro, e o contrário também não é verdade, que um colchão de menor densidade é mais macio. Entender isso é o primeiro passo para você escolher a densidade de colchão ideal.

A densidade de um colchão é o termo técnico, de acordo com normas da ABNT e do INMETRO, usado para medir o peso da espuma em um determinado volume. Por exemplo, uma espuma de densidade 33 (D33), se tivesse 1 metro de altura por 1 metro de largura, teria um peso total de 33 kg. Uma espuma de densidade 28 (D28), em um bloco de mesma altura e largura, teria 28 kg, e assim se segue.

Na hora de fazer o colchão a partir dessas espumas, a densidade escolhida está diretamente ligada ao peso que será colocado em cima do colchão de espuma. Quanto maior a densidade, maior o peso que a espuma suporta. Quanto menor, menor o peso que o colchão suporta e maiores são as chances de que alguém mais pesado ou mais alto vá passar por uma boa dose de desconforto.

Uma densidade do colchão D45 não significa que o colchão suporta o peso de uma pessoa de 45 quilos. É apenas o peso do bloco da espuma com 1 metro de largura por um 1 metro de altura. Um colchão de densidade D45 suporta de 95 kg a 115 kg, na verdade. Veja abaixo qual a densidade de cada colchão e o peso que ele suporta:

  • Densidade 23 – de 1 kg a 50 kg
  • Densidade 28 – de 50 kg a 75 kg
  • Densidade 33 – de 75 kg a 95 kg
  • Densidade 45 – de 95 kg a 115 kg

Vale lembrar que se você estiver escolhendo um colchão de espuma para casal, a densidade a ser escolhida deve ser para o cônjuge que tem maior peso. Para colchões de mola, as normas da ABNT e do INMETRO são um pouco diferentes, e eles suportam diferentes pesos de acordo com o tipo de mola, como se segue abaixo:

  • Molas Bonnell – de 1 kg a 90 kg. No quesito rigidez das molas, o modelo pocket Bonnel é extra macio, e o Bonnell é macio.
  • Pocket (ensacado) – de 1 a 90 kg. No quesito rigidez das molas, modelos pocket são, geralmente, macios
  • Superlastic – de 1 a 110 kg. No quesito rigidez das molas, o Superlastic é o meio termo, nem muito macio nem muito duro
  • LFK – de 1 kg a 120 kg. Tem rigidez firme das molas
  • Miracoil – de 1kg a 150 kg. Rigidez extra firme das molas.

O ideal, na hora de escolher a densidade e o peso suportado pelo colchão, é combinar a densidade da espuma para o peso com o tipo de mola, salvo no caso de bebês e crianças, que podem ser muito bem atendidos por colchões de densidade 23. Por exemplo, ao comprar um colchão de casal, sendo que uma das pessoas do casal tem 95 kg e o outro tem 70 kg, o ideal é combinar uma camada de espuma de, pelo menos, 4 cm com densidade mínima de 45 com o tipo de mola Superlastic, LFK ou Miracoil.

Considere problemas de saúde antes de comprar seu colchão
Quem tem osteoporose pode sofrer bastante com um colchão de maior densidade. Então, mesmo que a pessoa seja mais “pesada”, um colchão de menor densidade deve ser considerado. Problemas de coluna, como hérnias de disco, por outro lado, podem se beneficiar de um colchão mais denso.